© News Farma 2019
Todos os direitos reservados

O acesso à área reservada do Cardio Talks, bem como a receção das suas newsletters é restrita a profissionais de saúde.

quinta-feira, 24 janeiro 2019 14:57
Relação entre a MGF e a Cardiologia: quando referenciar ou não para a consulta de especialidade?
Relação entre a MGF e a Cardiologia: quando referenciar ou não para a consulta de especialidade?

“O que procuramos é que haja uma boa interação entre os especialistas de Cardiologia e os especialistas de Medicina Geral e Familiar (MGF)”. As palavras foram do Prof. Doutor Filipe Macedo, que participou na sessão “Quando referenciar ou não para Cardiologia?”, nas XXX Jornadas de Actualização Cardiológica do Norte para MGF. Um dos objetivos da sua intervenção teve como foco tentar ajudar os médicos de MGF a saber quais são as situações exatas que precisam de referenciação. Assista ao vídeo da entrevista ao CardioTalks.

Além disso, a sessão abordou também aquelas “situações em que os doentes podem ser seguidos de uma forma perfeitamente pacífica e tranquila em ambiente de ambulatório sem ter de recorrer aos hospitais centrais”.

Para tal, o especialista recorreu a casos clínicos, tendo selecionado os que considerou mais importantes e prementes.

Seta Anterior
Artigo Anterior
Seta Anterior
Próximo Artigo