© News Farma 2019
Todos os direitos reservados

O acesso à área reservada do Cardio Talks, bem como a receção das suas newsletters é restrita a profissionais de saúde.

ESC2018

quarta-feira, 29 agosto 2018 11:04
Melhoria da prática clínica: novas guidelines clarificam conceitos
Melhoria da prática clínica: novas guidelines clarificam conceitos

Sob a perspetiva da prestação de cuidados intensivos de saúde ao doente com doença cardíaca, a Dr.ª Sílvia Monteiro, coordenadora do Grupo de Estudo de Cuidados Intensivos Cardíacos (GECIC) da Sociedade Portuguesa de Cardiologia, destaca nas novas recomendações os aspetos de maior impacto nesta área interventiva. Assista ao vídeo.

A coordenadora do GECIC menciona, em primeiro lugar, a quarta definição do enfarte agudo do miocárdio, que considera vir “clarificar conceitos que estavam dispersos”, e explica o protocolo agora estabelecido no âmbito do diagnóstico de enfarte do miocárdio, como distinguir a natureza clínica da lesão no subgrupo de doentes com lesão miocárdica aguda e ainda, dentro do grupo de doentes com enfarte agudo do miocárdio, a distinção entre enfarte do tipo 1 e do tipo 2.

Sublinha que “é fundamental prosseguir no algoritmo diagnóstico”, com recurso a exames de imagem. Neste documento chama também a atenção para o capítulo referente à interpretação das troponinas de alta sensibilidade e a sua utilidade na abordagem clínica no contexto do serviço de urgência.

Relativamente a outras guidelines, a Dr.ª Sílvia Monteiro deixa uma nota sobre as síndromes coronárias agudas a respeito das novas orientações referentes à revascularização, destacando a convergência com os procedimentos técnicos e terapêuticos descritos nas diretrizes de enfarte com supra publicados em 2017 e sublinha os aspetos mais relevantes deste documento.

Seta Anterior
Artigo Anterior
Seta Anterior
Próximo Artigo